Destino Brejo

Paraíba - Brasil
Top

O clima do Brejo é marcado por uma curiosa inversão de temperatura: indo para o interior a temperatura comece por cair fortemente antes de subir de novo. Com altitude média de 550 m e temperaturas entre 12 e 18 graus de junho a agosto, o Brejo possui paisagens das serras com neblina de manhã, com mata atlântica, rios e cachoeiras. O rico patrimônio histórico das cidades, berço da cultura na Paraíba, é muito rico. Aqui se encontram vários segmentos do turismo: ecoturismo e aventura, histórico, cultural e religioso, e gastronômico.

“Cachaçaria Serra Limpa”

“Visitação no Engenho”

Região produtora da rapadura artesanal e da cachaça de alambique. Uma viagem na história da região do Brejo leva aos tempos dos engenhos de cana de açúcar, permitindo ao visitante degustar produtos feitos na hora, e participar da produção.

“Engenho Martiniano”

“Engenho da Cachaça Rainha”

Mais do que construções históricas e berço de artistas como Pedro Américo e Jackson do Pandeiro, o Destino Brejo tem na cachaça sua melhor inspiração para um turismo que vai além dos roteiros de praias desse pequeno estado nordestino.
Segundo produtores locais, a qualidade do produto local se deve a fatores como a presença de terra roxa e clima mais ameno. A ‘Rota dos Engenhos’, cruza antigos casarões e engenhos de cana-de-açúcar dessa microrregião do agreste paraibano, formada por cidades do brejo como: Areia, Pirpirituba, Duas Estradas, Belém, Serraria e Alagoa Grande.

“Engenho Varzea do Coati”

“Engenho Baixa Verde”

Localizado a 120 km de João Pessoa, aproximadamente, o Brejo abre suas janelas coloniais para as serras locais e escancara portas de engenhos centenários para visitantes que queiram conhecer a produção de cachaça e rapadura artesanais.

“Engenho da Cachaçaria D'Dil”

“Engenho Triunfo”

Nessa rota, o turista conhece de perto toda a fabricação da cachaça, desde a colheita da cana até o processo de embalagem e envelhecimento das versões mais elaboradas. Os engenhos estão localizados na zona rural das cidades, e além dessa experiência visual, o turista experimenta as bebidas com frutas à sombra e árvores frondosas ou ao som de um bom pé-de-serra.

Comente: