Destino Brejo

Paraíba - Brasil
Top

Belém

O QUE ESPERAR EM BELÉM?

Em 6 de setembro de 1957, foi efetivada a Emancipação Política ao Distrito de Belém de Caiçara, cumprindo a sua instalação oficial em 6 de dezembro do mesmo ano, com o nome simplificado para Belém.

De início foi habitada por Potiguaras que vivenciaram lutas ferrenhas por terras, em resistência a colonizadores e Tabajaras. Cerca de 20 mil Potiguaras morreram em uma batalha sangrenta.

O povoado em formato de cruz, foi nomeado a princípio como Gengibre, contudo os frades decidiram tornar o nome do local menos agressivo, pondo então Belém, que significa “casa de pão”.

Os belenenses são hoje estimados em uma população de aproximadamente 17.600 habitantes.

“Igreja Nossa Senhora da Conceição”

“Vista da Pedra do Cordeiro”

Atrativos

Parque São Luís – Foi a partir de um banco com dois metros de balanço que José Freire ou apenas Seu Luís, transformou um espaço vazio em diversão. Ao perceber que as pessoas gostaram do seu primeiro brinquedo, ele identificou que poderia fazer outros e levar alegria para muitas crianças.

Hoje, não apenas os pequenos, como de igual modo adultos, frequentam o parque e voltam a ser crianças, são cerca de 100 brinquedos construídos e cuidado pelo José Freire. Na fabricação é utilizado materiais reciclados que se transformam nas mãos do artesão e pelo menos 200 crianças, ao mês, se divertem no local.

O Parque São Luís funciona de 8h às 17h e recebe turmas de escolas e turistas de toda região. Lá as crianças são ainda mais crianças e os adultos, têm a experiencia de voltar alguns anos e simplesmente brincar. No parque do Seu Luís, tudo é diversão.

Agendamento: (83) 99980-1540 – Márcia Regina – Secretária da Cultura.

Pedra do Cordeiro – Com aproximadamente 240 metros de altura, os turistas empolgados e aventureiros, podem conhecer o local palco de prática de rapel e trilha. Àqueles que preferirem sem grandes emoções, podem se contentar com a bela vista natural e conhecer toda a cidade. A trilha até lá é simples, mas um tanto íngreme, em torno há pinturas rupestres feitas pelos índios que ali habitavam e também no topo da pedra, o cruzeiro.

Igreja Nossa Senhora da Conceição – A cultura religiosa de Belém está marcada no marco zero do município, onde fica localizada a Igreja Nossa Senhora da Conceição. A edificação foi levantada em 1934, com arquitetura neoclássica. Um fato interessante da igreja é que no período de sua construção, os próprios moradores e fiéis, contribuíam para que o prédio pudesse ser erguido. A comunidade em mutirão, carregava tijolos e os materiais com as próprias mãos.

Engenho Retiro – Cachaça D’dil – O Engenho Retiro proporciona aos visitantes a experiência de presenciar o processo da Cachaça D’dil, desde a produção até o engarrafamento. As visitações podem ocorrer no mês de agosto a fevereiro, pois neste período há a etapa da moagem e sendo assim, todas as partes podem ser vivenciadas pelo turista, com direito a degustação.

A cachaça D’dil tem sua produção artesanal e 100% natural, pois não utiliza de produtos químicos na fabricação e permanece no mercado desde 1920, comercializando de Belém para outros estados.

Agendamento para visitações de segunda à sexta pela manhã até 12h.

Telefone: / (83) 32771081 – 98709-9792

Site: www.cachacaddil.com.br

Instagram: @cachacaddil

Gastronomia

Só chocolates

Localização: Endereço- Rua 1° de maio, 81, Centro.

Horário de funcionamento: Domingo à domingo e feriados das 12h às 22h.

Telefone: (83) 99332-8762 / 99175-6374.

Facebook: Só chocolates | Instagram: @sochocolates_

Email: [email protected].

Restaurante Tempero da Boneca

Localização: Rua Feliciano Pedrosa, 2020, Centro.

Horário de funcionamento: Domingo à domingo das 11h às 14h.

Telefone: (83)99921-5612 / 99994-1235.

Facebook: Tempero da Boneca | Instagram: @temperodaboneca.

Bibil Sodas

Localização: Rua Padre Aprígio, 441 – Centro.

Horário de funcionamento: De segunda à sexta das 13h às 21h

Trabalha com entregas.

Cultura

A arte presente na família, por meio de sua avó, fez de Felipe Lázaro um amante do que faz. As suas peças em argila reproduzem caricaturas, máscaras, animais e pessoas, expressando seus sentimentos, moldando mulheres negras, elementos da natureza e realizando pinturas em telas.

O artista demostra seu orgulho nas suas obras, pois é algo que remontam suas origens, desde pequeno imergido nessa cultura, pode hoje encarar como a maior herança redada de sua avó, a arte.

A paneleira Maria Marcolino de Oliveira afirma que a comida preparada em panelas de barro, certamente são mais saborosas. Desde os 9 anos, aprendeu a moldá-lo, olhando as outras mulheres trabalhando e hoje, desempenha toda a atividade, desde a retirada do barro, sua separação e fabricação das peças.

O processo dura em torno de cinco dias e é preciso ter paciência, para que no final se possa ter panelas, jarros, luminárias e ainda, fazer o acabamento final em pintura.

Ateliê localizado na Rua Aderbal Cruz, 249 – Centro.

Telefone – (83) 99850-4245/99615-3910

Ainda criança Laurita Cabral se percebeu artesã e ainda hoje, com mais de 80 anos continua fazendo suas peças. São flores, animais, frutas, utensílios domésticos, todos feitos em madeira. O material bruto da umburana, ganha formas bem acabadas, nas mãos da artesã.

Laurita já passou seu conhecimento para outros, por meio de ministração de cursos, disseminando a arte e tudo que aprendeu durante sua vida de artesã. Ela fabrica e vende suas peças na sua própria residência, e as variedades tornam a escolha de uma só peça, ainda mais difícil para os visitantes.

Rua Boa vista, 101 – Centro.

“Artesã Laurita Cabral ”

“Artesão Felipe Lázaro”

ACONCHEGO

Pousada Maranata

Localização:

Unidade 1 – Praça 6 de setembro, 74.

Unidade 2 -Rua Feliciano Pedrosa, principal.

Horário de funcionamento: Das 7h às 22h

Telefone: (83) 99602-0291 / 99856-4506 / 99819-9351.

Facebook: Pousada Maranata

“Pousada Maranata – Unidade 2”

“Quarto Duplo – Unidade 2″

0